Climatização em Museus
Recomendações Climatização e Preservação de Acervo
03/12/2020
NECESSIDADE DE CLIMATIZAÇÃO EM MUSEUS
A Climatização para museus possui um papel fundamental, a fim de auxiliar na conservação do acervo, tanto da área expositiva como da reserva técnica.
Ele será responsável por manter o ambiente em condições ideais de qualidade, através do controle da temperatura, umidade e filtragem do ar.
Veja a seguir, maiores informações sobre este sistema e conheça a empresa certa para realizar o projeto, instalação e manutenção.
POR QUE A CLIMATIZAÇÃO É FUNDAMENTAL?
Você sabia que variações de temperatura estão diretamente ligadas a dilatação dos objetos? Que faz eles aumentarem ou diminuírem de tamanho.
Muito comum em peça de madeira e em várias outras que compõem os museus, como esculturas, papéis e livros.
Altas temperaturas podem alterar as cores dessas peças antigas, e que as mais baixas, podem gerar gotículas de água que também prejudicam e danificam as obras presentes no museu.
A umidade no ar causa o desgaste a obras mais sensíveis, como os quadros produzidos a tinta óleo. Além disso, também gera a proliferação de micro-organismos.
Por isso é tão importante ter um Sistema de Climatização para museus.
AS CONDIÇÕES CLIMÁTICAS IDEAIS
Para estabelecer estas condições é fundamental conhecer o tipo de material do acervo e as condições especificas de seu manuseio, guarda e exposição.
Um parâmetro fundamental para qualquer acervo é a manutenção das condições de temperatura e umidade, em níveis constantes de forma ininterrupta.
As temperaturas ideais de set-point variam entre 18° e 22° C, mas uma vez definida esta temperatura a sua variação não pode ser superior a +/- 2°C
A umidade relativa deve ser mantida entre 30 e 50%, com uma variação entre +/- 5%, em áreas de guarda e +/- 10% em áreas expositivas.
O grau de filtragem do ar, também é um fator muito importante, para evitar o acúmulo de poeira e particulado, sendo em alguns casos recomendada a filtragem com carvão ativado.
CLIMATIZAÇÃO E CONSERVAÇÃO PREVENTIVA DE ACERVOS
A escolha dos parâmetros ideais para cada acervo, ocorre também pelos custos de instalação, manutenção e operação do sistema de climatização, que são significativos tanto no investimento inicial, quanto ao consumo de energia durante a vida útil do sistema.
Para isso é necessário contratar uma empresa especializada no ramo de museus.
Na Sollo Engenharia você conta com uma equipe preparada para realizar o estudo de infraestrutura dos ambientes e planejamento da instalação do sistema de climatização para museus.
A SOLLO ENGENHARIA dispõe de pessoal especializado para a execução desses serviços, garantindo o seu enquadramento no mais elevado padrão técnico-profissional, obedecendo a todas às normas aplicáveis.
É importante destacar que a nossa intenção é a de ser um parceiro constante em suas atividades, o que nos dá certeza da obtenção de sucesso neste objetivo, é a busca contínua de excelência nos serviços prestados, acrescido a preocupação na melhoria continuada de nossos profissionais e a ferramentas de gestão utilizadas.
Salientamos que os nossos contratos de manutenção atendem a todas as determinações da LEI 13.589 de 04 de janeiro de 2.018, assim como as especificações da portaria Nº 3.523 de 28 de agosto de 1998 do Ministério da Saúde e Resolução RE nº 9 de 16 de janeiro de 2.003 da Agência Nacional de Vigilância Sanitária, a Norma NBR 16401 da ABNT.
Informações adicionais, podem ser obtidas em site www.solloengenharia.com.br
 
 
___________________________________
Eng. Juan Gutierrez Garcia
Diretor Técnico